Dicas para uma boa adaptação na escola

Publicado em:   21 fev 2017

 

8 Passos para você ficar calmo e estar preparado para todas as novidades que acompanham essa nova fase

Eu diria que os pais precisam de mais atenção para a adaptação na escola do que os próprios filhos. Senti isso na pele como mãe e como professora.

As crianças têm um cérebro pouco condicionado e sedento à aprendizagem e ao desenvolvimento. É de fácil adaptabilidade às novas situações e ainda possui diversos neurônios a espera de estímulos significativos para se conectarem fazendo o uso da plasticidade sem medo de ser feliz. Basta ver os seus primeiros dois anos de vida. Ela passa de um bebê quase inerte para uma criança que já iniciou uma vida social, que fala, canta, anda, corre, faz graça e se tiver espaço manda na casa. Tudo isso, e muito mais, em dois anos!

Ou seja, a criança aprende fácil, gosta de aprender, se adapta com tranquilidade, em especial, se sentir que o ambiente é seguro. E, em geral, a escola é assim. Porém, os pais já possuem diversas experiências construídas, um mundo de emoções e sentimentos que dizem de si, de seus pensamentos e comportamentos. E, sem perceberem, tendem a passar suas ansiedades e “medos” para a criança, que feito esponja sente e absorve tudo. Resultado: Ela fica também ansiosa, insegura, chora e não quer ficar. Com isso, os pais ficam ainda mais tensos e ansiosos e a criança também, dificultando a adaptação ao novo ambiente, que está sugerindo uma ameaça. E facilmente cria-se um padrão de emoções, sentimentos e comportamentos, que tenderão a se repetir na entrada da escola.

Como evitar?

  1. Controle a ansiedade e não se sinta culpado. A escola é um ótimo lugar para a criança aprender e se desenvolver.
  2. Conheça bem a proposta pedagógica e filosófica da escola e confie na sua escolha. Se tiver algum problema, crítica ou sugestão a fazer, procure a equipe pedagógica.
  3. Fale da escola com animação e positividade. E não a associe a algo ruim ou ameaçador, pois a criança pode pensar ou sentir: Meus pais não gostam da escola e vão me deixar aqui?!
  4. Se você sentir muita necessidade, fique uns dias na escola de acordo com as regras da mesma. Mas não fique em cima da criança. Isso dificultará a ela.
  5. Se a criança chorar é normal. Não mude de ideia lavando-a de volta para casa. Converse com ela que vai ser um dia gostoso e que você voltará para pega-la. E se você chorar evite fazer na frente dela. Isso a assustará.
  6. Não subestime a criança. Ela é bem mais esperta do que imaginamos. E sabe muito bem como nos manipular.
  7. É mais difícil sair do colo da mãe ou do pai para o colo da professora. Se a criança já anda, deixe-a ir caminhando. E se ela for bem pequena, leve alguma coisa que lhe seja familiar e que lhe traga segurança como paninho, fraldinha, bichinho.
  8. Ao se despedir, não minta e nem saia escondido. Aja naturalmente e seja sincero. Avise a criança que irá buscá-la quando a aula terminar. Assim a criança ganha confiança.

No mais, respire, mantenha-se calmo e prepare-se para deliciosas novidades. Bom início desta nova fase!

Fonte: http://www.paisefilhos.com.br/blogs-e-colunistas/de-olho-no-cotidiano/dicas-para-uma-boa-adaptacao-na-escola/